Terra arrasada

apromat-12-setHá tempos que recebo informação de servidores públicos das secretarias de Educação e Saúde, relatando falta de material para trabalhar, como papel, impressora, internet, falta de água para beber e muitas vezes de energia. Outros veículos já noticiaram situação semelhante no Detran. Hoje, depois de ler uma notinha do Hipernotícias, entrei no perfil da Associação dos Procuradores do Estado de Mato Grosso (Apromat) no Facebook e me deparei com uma situação inusitada, ou surreal.

Os procuradores do estado relatam caso de total abandono. No dia 12 de setembro, um post contava que já tinha uma semana com o telefone cortado por falta de pagamento. apromat-27-setContinua até hoje. No dia 27 de setembro a energia foi cortada, a internet estava racionada e a impressora quebrada. Hoje a Associação publicou imagem de tweet onde pergunta: “O que significa isso, governador?”

apromat-30-setEu sei o que significa isso: significa desvio no pagamento de precatórios, significa pagamento caução (que não existe na legislação) para compra de land rover de mais de um milhão cada, significa pagamento de 480 milhões para a Andrade Gutierrez a título de precatórios (lembrando que desde 94 a empresa não faz obras no estado), enfim, isso significa desvios e mais desvios. Má gestão, incompetência, irresponsabilidade e supostas ilicitudes.

O próximo governador de Mato Grosso encontrará a terra arrasada.