Como diria o compadre Washington: Sabe de nada, inocente!

compadre-WashingtonO Tribunal de Contas de Mato Grosso determinou que a Secopa finalize as obras da Copa. Básico! Em documento assinado pelo presidente do TCE, Waldir Teis, onde a inércia do secretário da Copa, Maurício Guimarães, e a falta de respostas dadas ao Tribunal, são criticados duramente, o TCE determinou que:

1 – Conclua, até 31/5/2014, o seguinte trecho do VLT: “Aeroporto Marechal Rondon – Terminal Rodoferroviário do Porto”;

2 – assegure, até 31/5/2014, que todo o trecho do VLT “Aeroporto – viaduto da SEFAZ” esteja TOTALMENTE DESOBSTRUÍDO, com adequada condição de trafegabilidade em todo o percurso, incluindo a conclusão da ponte Júlio Müller, a concretagem das lajes da Prainha no trecho Av. XV de Novembro – Praça Ipiranga, bem como a execução de calçadas, pavimentação, sinalização completa, remoção de tapumes, limpeza e serviços complementares, restabelecendo o visual urbanístico de todo esse trajeto;

3 – somente realize pagamentos, ao Consórcio VLT-Cuiabá, que estejam relacionados aos serviços descritos nos dois (2) itens anteriores, abstendo-se de realizar quaisquer pagamentos, referentes ao contrato nº 37/2012, que não estejam relacionados aos serviços elencados acima;

4 – solucione os problemas de desapropriação existentes e conclua a Duplicação da Estrada da Guarita, tendo em vista que a CEMAT comprometeu-se a promover a migração dos postes até 16/03/2014;

5 – apresente solução, no prazo de 5 dias, para o problema de profundidade das adutoras da CAB na Trincheira Santa Rosa, conforme compromisso assumido em reunião realizada entre SECOPA, CAB e CEMAT, no dia 06/03/2014. Os serviços devem iniciar imediatamente após a apresentação da solução e estarem concluídos a tempo da trincheira ser totalmente entregue até 31/05/2014;

6 – apresente solução, no prazo de 5 dias, para o problema de profundidade de rede da CAB na região do Círculo Militar, com início imediato das obras e término das obras da Trincheira Santa Izabel/Verdão até 31/05/2014;

7 – ordene o imediato início dos serviços de construção do estacionamento onde hoje está instalado o terminal atacadista e repactue o contrato nº 37/2013, de forma a reduzir o prazo contratual, assim que a Prefeitura de Cuiabá desocupar o terreno onde está instalado o referido terminal;

8 – conclua, até 31/05, os objetos dos contratos nº 40/2012 e 60/2012, qual seja, a restauração e pavimentação de diversas ruas do entorno da Arena Pantanal;

9 – conclua, até 31/05, as obras referentes ao Instrumento Contratual nº 063/2012, que tem por objeto a restauração da Av. 8 de Abril e do Córrego Mané Pinto;

10 – efetue a inserção das informações faltantes no sistema Geo Obras, no prazo máximo de 5 dias e,

11 – cumpra os compromissos avançados na reunião do dia 25/02/2014 e reiterados pelo ofício nº 47/2014/GAB/JBC/TCE-MT, no sentido de enviar a esta Corte, de forma tempestiva e fidedigna, as informações solicitadas.

Ufa! Só.

Ai, né, eu me lembro do compadre Washington: Sabe de nada, inocente!