NOTÍCIAS

Programa estadual recolhe e destina mais de 800 toneladas de resíduos sólidos em 2024

Foto: Arquivo/IMA

O Governo de Santa Catarina, por meio do Programa Penso, Logo Destino (PLD) criado pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA), já mediou a destinação ambiental adequada de cerca de 800 toneladas de resíduos sólidos somente nos primeiros cinco meses de 2024.

Com foco nos itens dos sistemas de Logística Reversa, o PLD tem desenvolvido ações entre municípios e entidades gestoras para capilarizar o recolhimento de resíduos sólidos em todo o território estadual e já conta com 223 adesões municipais, o que representa mais da metade dos municípios catarinenses.

Somente neste ano, as ações do PLD somaram recolhimento e destinação correta de quase 10 mil quilos de pilhas e eletroeletrônicos, mais de 27 mil unidades de lâmpadas e mais de 40 mil pneus. Números expressivos que marcam este 17 de maio, Dia Mundial da Reciclagem, instituído pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência, e a Cultura (Unesco) para estimular a reflexão sobre a importância de fazer o descarte correto dos itens consumidos.

Foto: Divulgação/IMA

A presidente do IMA, Sheila Meirelles, expressa o orgulho do Instituto em relação ao PLD em Santa Catarina e na missão que o programa tem de envolver toda a sociedade na destinação correta dos resíduos sólidos.

“O PLD é um grande projeto social de abrangência estadual e muito importante para a consolidação de uma gestão ambiental urbana focada na mudança de comportamentos e hábitos, no aumento da reutilização e da reciclagem, e outras práticas que aliam a preservação ambiental ao progresso socioeconômico das cidades e do estado”, conclui a presidente do IMA.

O PLD é dividido em três etapas. A etapa atual, da Logística Reversa, foca na restituição dos resíduos ao setor empresarial para reaproveitamento de produtos, como lâmpadas, baterias, pneus, pilhas e outros. A segunda etapa será da Coleta Seletiva, que segregará e destinará para reciclagem as embalagens de plástico, papel, vidro e metal nos próximos anos; e posteriormente, a terceira etapa que tratará da Compostagem dos Resíduos Orgânicos como cascas de frutas e restos de alimento.

“O IMA faz parceria com diversas entidades e promove a cooperação entre os municípios. A partir daí, os municípios instalam estruturas voltadas para receber os resíduos, promovem a educação ambiental nas escolas, fazem a capacitação e recolhimentos itinerantes e outras ações fundamentais para o sucesso e desenvolvimento do programa”, reforça o coordenador estadual do PLD, Cícero Luís Brasil.

O PLD tem a meta de conquistar esse ano 224 municípios com até 20 mil habitantes. Já em 2025, o cronograma do PLD prevê a inclusão dos municípios de médio porte, com população entre 20 mil e 50 mil habitantes, e em 2026, o objetivo é garantir a adesão das grandes cidades com mais de 50 mil habitantes.

Para localizar Pontos de Entrega Voluntária (PEV) dos itens contemplados pela logística reversa basta acessar o link. Notícias e outras informações sobre o Programa Penso, Logo Destino podem estão no site do IMA, neste link.